Alentejo

Os Romanos e as civilizações que os antecederam apreciavam as suculentas uvas produzidas entre as suaves colinas e a fértil paisagem do Alentejo. Esta famosa região que abrange cerca de um terço do território de Portugal tem uma longa história vinícola e é hoje tão popular como outrora, produzindo alguns dos melhores vinhos do país.

A rica herança da região, combinada com vastos vinhedos que se estendem por muitos quilómetros, colocam o Alentejo em destaque no mapa vitivinícola português. Os vinhos do Alentejo estão presentes em todos os restaurantes, cafés e bares do país, contando-se entre os favoritos dos apreciadores mais exigentes, tanto de tintos como de brancos.

O Nordeste Alentejano, próximo da fronteira espanhola, é mais montanhoso e possui uma paisagem verdejante, propícia à criação de microclimas muito favoráveis à cultura de uvas de elevada qualidade. Para o sul, onde o clima é mais quente, os vinhedos prosperam entre as suaves colinas e intermináveis planícies.

Os vinhos tintos típicos do Alentejo costumam ser descritos como frutados e ricos em aromas, suaves e fáceis de beber. A casta tinta mais comum é a Aragonez (conhecida como Tinta Roriz no Dão e no Douro), e no que respeita aos brancos, a famosa Antão Vaz é a mais utilizada. A nova geração de tintos recorre também a castas importadas, como a Cabernet Sauvignon.

Os vinhos brancos alentejanos são de produção mais difícil, mas os resultados são espectaculares. Se tiver ocasião de provar um vinho do Alentejo durante as suas férias em Portugal, não perca a oportunidade!

Faixa publicitária


Utilizamos cookies para fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.