Dão

O famoso escritor português galardoado com o prémio Nobel, José Saramago, declarou a sua paixão pela região do Dão ao afirmar: “Tudo nestas paragens são grandezas”. Orgulhando-se de uma história vitivinícola que remonta há mais de um milénio, o Dão é um dos melhores exemplos do empenho dos Portugueses na produção de vinhos tintos e brancos de excelente qualidade.

As belíssimas vinhas estão dispersas pela região em pequenas propriedades abrigadas por pinhais, muitas vezes alcandoradas nas encostas da Serra da Estrela, cujo cume se eleva quase aos 2000 m e é o mais elevado de Portugal continental. Esta região montanhosa pode arrefecer muito durante a noite, levando a que o lento amadurecimento das uvas produza vinhos de aromas ricos e boa acidez.

Há mais de 70 milhões de vinhas plantadas na região, e as tradições locais afirmam que a famosa casta tinta Touriga Nacional é originária da vila de Tourigo, na região do Dão. Hoje, esta casta é considerada uma das melhores do género no país. No que respeita às castas usadas para o vinho branco, a mais valorizada na região é a Encruzado, de sabor leve e fresco.

O vinho mais típico do Dão é o tinto, de cor rubi, redondo, espirituoso, de aroma delicado e sabor aveludado. Os produtores mais conhecidos são as Caves Aliança, as Caves S. João, J. Maria da Fonseca e as Caves Primavera.

Aproveite a sua passagem pela região do Dão para desfrutar do ar puro, das montanhas e das aldeias antigas aninhadas em vales, e percorra os caminhos que há muitos séculos foram desbravados pelos monges que cultivavam estas terras.

Faixa publicitária


Utilizamos cookies para fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.