Douro

Considerada a região demarcada mais antiga do mundo, a região do Douro tornou-se famosa graças à produção de um vinho fortificado de características únicas – o Vinho do Porto. A partir de 1756, altura em que a região do Douro começou a produzir vinhos de elevada qualidade, a paisagem foi transformada num belo vale esculpido em socalcos que actualmente merece a classificação de Património da Humanidade pela UNESCO.

Com o decorrer dos anos, o terreno acidentado e os montes escarpados que outrora pareciam de cultivo impossível foram modelados pela mão humana numa impressionante escadaria coberta de vinhedos. São estes socalcos que fazem do Douro uma região tão especial e estão na origem do seu reconhecimento como Património Mundial.

O rio Douro e os afluentes que serpenteiam pela região, bem como as serras do Marão e de Montemuro, que a protegem dos ventos, criam as condições ideais para a produção de uvas suculentas.

A abundância de castas no Douro é notável, e algumas das videiras mais antigas permitem produzir vinhos com uma estrutura e complexidade únicas. As principais castas usadas na região do Douro incluem a Touriga Franca, a Touriga Nacional, a Tinta Barroca, a Tinto Cão e a Tinta Roriz. Além do vinho do Porto, os vinhedos do Douro produzem também deliciosos vinhos de qualidade brancos e tintos.

Durante a visita à região do Douro poderá apreciar o processo de produção do vinho do Porto numa das numerosas quintas abertas ao público ou fazer um passeio de comboio ou barco ao longo do rio para contemplar as magníficas paisagens.

Faixa publicitária


Utilizamos cookies para fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.