Caldas da Rainha

Esta animada e vibrante cidade do distrito de Leiria, situada na Costa de Prata, em plena Estremadura, tem vindo a tornar-se um popular destino turístico, sendo um local favorito para ter uma casa de férias. A sua localização, a apenas 8 km de algumas das melhores praias da região e somente 1 hora de distância de Lisboa, transformam-na no local perfeito para se fixar e explorar algumas das vilas medievais e aldeias piscatórias dos arredores.

Esta cidade termal, reputada pelas suas águas ricas em enxofre indicadas para o tratamento de problemas dermatológicos e ósseos, foi fundada no século XV por D. Leonor, consorte do Rei D. João II. Oferece não só magníficas casas de turismo rural, mas também excelentes oportunidades de compras e desportos aquáticos, como passeios de balão, asa-delta, windsurf, jet ski e passeios a cavalo. Além disso, nas proximidades situam-se magníficos resorts com soberbos campos de golfe, como é o caso do Praia d’el Rey Marriott Golf & Beach Resort e do Westin Campo Real Golf Resort. Situada no chamado “Jardim de Portugal”, a cidade possui um animado e colorido mercado de fruta, legumes, peixe e flores na praça central, enquanto as maravilhosas lagoas da Praia da Foz do Arelho e de Salir do Porto, com os seus extensos areais, são perfeitas para desfrutar de umas férias em família.

Locais a Visitar

Alcobaça
Alcobaça é uma imponente cidade medieval ideal para uma visita de um dia. Ostenta o maior complexo do país com uma catedral e mosteiro, tendo ficado imortalizada pela história de amor de D. Pedro e Inês – um romance semelhante ao trágico amor de Romeu e Julieta. O austero Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça foi construído em 1153 e consta da lista de locais classificados pela UNESCO como Património da Humanidade. O Mosteiro está associado aos monges de Cister e ao nascimento da nação portuguesa. D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, conquistou a cidade de Santarém aos Mouros em 1147 e, como sinal de gratidão, fundou este mosteiro para os monges de Cister, obras estas oficialmente concluídas em 1223. Hoje, os visitantes podem admirar a sacristia ornamentada em estilo manuelino, o claustro de D. Dinis e os túmulos de D. Pedro e de sua esposa D. Inês de Castro, imortalizados pelo trágico amor que os uniu e que serviu de inspiração a inúmeras obras literárias, teatrais e cinematográficas.

Batalha
O magnífico e intrincado Mosteiro da Batalha, com as suas inúmeras estátuas de santos e imponentes arcobotantes e pináculos, é, sem dúvida, o mais belo exemplo de arquitectura Tardo-gótica na Europa. Classificado como Património da Humanidade pela UNESCO, este mosteiro dominicano foi mandado edificar pelo Rei D. João I em agradecimento pela vitória de Portugal sobre Castela na Batalha de Aljubarrota em 1385. O monumento é particularmente notável pelos seus motivos manuelinos. No interior da capela encontram-se os túmulos do Rei D. João I e da sua esposa de origem inglesa, a Rainha Filipa de Lencastre – fundadores da “Ínclita Geração” que incluiu o famoso explorador Infante D. Henrique –, enquanto o Claustro Real, com os arcos góticos, é um dos melhores exemplares na Península Ibérica.

Óbidos
Esta encantadora vila medieval rodeada por muralhas é talvez o local histórico mais visitado do país a seguir a Lisboa. Com as suas ruelas estreitas e sinuosas, pitorescas casas caiadas de branco embelezadas por buganvílias e gerânios, é uma verdadeira vila-museu. A cidadela, envolta por íngremes muralhas graníticas do século XIV, constituiu parte do presente de casamento do Rei D. Dinis à sua esposa, Isabel de Aragão, em 1282. A vila também contém uma maravilhosa pousada que remonta à Idade Média e um museu que relata a história e a forma como esta fortaleza foi tomada aos Mouros por Afonso Henriques, em 1148.

Faixa publicitária


Utilizamos cookies para fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.